22 setembro 2006

Pablo AIMAR

Nome: Pablo Aimar
Apelido: El payaso (O palhaço)
Nome Completo: Pablo César Aimar
Nascimento / Falecimento: 3 novembro 1979 / vivo
Localidade: Río Cuarto, Córdoba, Argentina, América
Posição: meio-campista
Seleção: argentina
Participação em Copas: 2 (Coréia/Japão, 2002; e Alemanha, 2006)
Início / Fim da carreira: 1996 / em atividade




HISTÓRIA

Pablo Aimar começou sua carreira em Buenos Aires, nas categorias de base do River Plate. A presença de ídolos como o uruguaio Enzo Francescoli e Ariel Ortega no elenco pode ter atrasado um pouco, mas não evitou a rápida ascensão do meia, tornando-se ao 19 anos ídolo do time.

No Torneio Clausura de 1997, Aimar desistiu da carreira de médico e tornou-se titular do River aos 18 anos de idade, e aos 19 já era ídolo da equipe. Na época, fazia uma dupla de sucesso com o atacante Javier Saviola, hoje no Sevilla.

No mesmo ano, foi convocado para defender a seleção no Mundial Sub-20. Aimar foi eleito o terceiro melhor jogador da competição e ajudou a Argentina a ficar com o título. Dois anos depois, Aimar recebeu a primeira convocação para a seleção principal e estreou contra o México.

É um jogador muito hábil, marcador, com uma ótima visão de jogo e chegada rápida ao gol. Tratado na Argentina como craque e apelidado de "El payaso" ("O palhaço"), chegou a ser citado por Maradona como seu "legítimo sucessor como melhor jogador do mundo".

Em 2001, o Valencia desembolsou 24 milhões de euros pelo jogador. Como referência maior da equipe, Aimar ajudou o Valencia a chegar à final da Liga dos Campeões da Uefa de 2001, perdida para o Bayern de Munique. No ano seguinte, foi o grande líder do time na campanha vitoriosa do Campeonato Espanhol.

Embora a Argentina tenha decepcionado na Copa de 2002 ao ser eliminada ainda na primeira fase, Aimar foi um dos poucos que se salvaram. Em 2004, voltou a ser campeão espanhol pelo Valencia. Nos últimos dois anos, o clube não repetiu o mesmo sucesso.

Embora não tenha sido escalado como titular pelo técnico Pekerman, Pablito Aimar participou de três partidas na Copa 2006. Em apenas uma delas, contudo, teve uma atuação mais destacada.

Para a temporada 2006/2007, o Real Zaragoza desembolso mais de 10 milhões de euros pelo jogador, que é considerado um dos melhores argentinos da autaulidade, integrando um time com vários jogadores argentinos.



CLUBES

- River Plate (Argentina): 1996 a 2001.
- Valência (Espanha): 2001 a 2006.
- Real Zaragoza (Espanha): 2006.



PRINCIPAIS FATOS

- Campeonato Espanhol: 2001/2002 e 2003/2004;
- Campeonato Argentino Clausura: 2000;
- Campeonato Argentino Apertura: 1997 e 1998;
- Campeonato Mundial Sub-20: 1997;
- Copa América Sub-20: 1997 e 1998;
- Copa da UEFA: 2003/2004;
- Super Copa Européia: 2004/2005;
- Supercopa da Libertadores: 1997;
- 54 partidas pelo River Plate com 15 gols;
- 217 jogos pelo Valência com 35 gols.



LINKS

- Site oficial

- Vídeos

7 Comentários:

Anonymous Anônimo said...

sou fa desse jogador genial PABLO CESAR AIMAR maravilhoso espetacular,etc.

dezembro 12, 2006 11:03 PM  
Anonymous Julian said...

Aimar é genial, o melhor jogador em atividade.

julho 04, 2007 9:34 PM  
Anonymous Anônimo said...

Eu sou o fã nº 1 do Pablito..... É um verdadeiro MAGO, põe a equipa toda a jogar, soberbo no 1 contra 1.... Força Pablo

outubro 25, 2008 5:42 PM  
Anonymous Raúl said...

Eu sou o fã nº 1 do Pablito..... É um verdadeiro MAGO, põe a equipa toda a jogar, soberbo no 1 contra 1.... Força Pablo..... Es o melhor jogador do mundo

outubro 25, 2008 5:43 PM  
Anonymous patricia said...

eu gosto muito do pablo e um grande jogador...e é bem giruh

inda bem qe veio para o meu clube q e o benfica...

espero qe marqe bues golos

abril 09, 2009 7:08 PM  
Anonymous Raul Aimar 10 said...

Adoro o Mago aimar mas tou com uma duvida:
Ele e esquerdino ???

Esclareçam.me p.f

junho 28, 2009 4:46 PM  
Anonymous Copa said...

Aimar é um dos melhores profissionais do mundo. O cara é MUUUITO bom, de verdade. Sempre disse isso e sempre vou dizer.

É até meio bobo olhar os outros jogadores perto dele, de tanto que eu admiro o profissionalismo e a raça desse rapaz.

Sou fã de carteirinha, mesmo eu sendo brasileiro! rs.

Não sei se ele vai jogar nessa Copa, mas se for, espero que não esteja bom o suficiente.

Abraços,
Victor.

março 26, 2014 12:08 PM  

Postar um comentário

Links deste post:

Criar um link

<< Home